quinta-feira, 18 de maio de 2017

Não renunciarei, diz Temer...

Presidente brasileiro faz pronunciamento ao país sobre as últimas revelações

O presidente brasileiro, Michel Temer, diz que não vai renunciar ao cargo, depois das últimas divulgações, acrescentando que o seu "compromisso é com o Brasil". Em relação à investigação aberta pelo Supremo Tribunal Federal exige rapidez: "Exijo investigação plena e muito rápida."

"Não renunciarei. Repito, não renunciarei", afirmou Temer. Mais cedo, falava-se de que o presidente iria renunciar, mas ele recusa fazê-lo. "Não renunciarei, sei o que fiz, e sei da correção dos meus atos", afirmou, acrescentando que não tem nada a esconder. "Sempre honrei o meu nome. Nunca autorizei que utilizassem meu nome indevidamente", disse.

Temer, num pronunciamento ao país, disse que "só fala agora" porque tentou conhecer o "conteúdo das gravações que me citam". Temer pediu o acesso aos documentos, mas diz que até agora ainda não conseguiu.

[...]

"Quero deixar muito claro que o meu governo viveu nesta semana o seu melhor e pior momento", diz Temer, falando sobre os números positivos da economia e emprego. Estes "criaram esperança de dias melhores", refere o presidente.

"Ontem, contudo, a revelação de conversa gravada clandestinamente trouxe de volta o fantasma de crise política", alega, dizendo que todo o esforço pode acabar por ser inútil. "Em nenhum momento autorizei que pagassem, a quem quer que seja, para ficar calado. Não comprei o silêncio de ninguém".

Diário de Notícias


0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade, sua opinião é livre e de grande importância; contudo é de inteira responsabilidade do leitor e não representa a opinião do editor deste blog. Prezamos pela ética e pudor. Os comentários serão publicados em até 24 horas após análise.

Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o e-mail: imprensa@fernandomelo.blog que iremos avaliar.