domingo, 25 de junho de 2017

Ônibus com integrantes de quadrilha junina tomba em povoado de Bernardo do Mearim


Atualizado

Na noite deste domingo (25), um micro-ônibus escolar tombou numa estrada do município de Bernardo do Mearim. Segundo as primeiras informações, o veículo transportava integrantes de uma quadrilha junina do povoado “Baixão do Moacir” que se apresentaria no povoado Terra Santa. Há relatos de alguns adolescentes e crianças lesionadas até com fraturas, mas felizmente ninguém veio à óbito. O ônibus estava ocupado por em torno de uns 35 componentes, a maioria do Baixão do Moacir.

Segundo relatos de algumas vítimas, o motorista dirigia muito rápido de forma brusca e demonstrava sinais de embriaguez.

"Enquanto dirigia, o motorista saia da estrada e entrava no mato, até que em um momento ele bateu em uma pedra grande e capotou", disse uma das vítimas.

Ainda de acordo com testemunhas o motorista, após o acidente sorriu da situação e saiu sem prestar socorro.

"No momento do acidente eu só queria sair rápido, era um desespero! Eu achava que o ônibus ia explodir", disse outra vítima.

A prefeita Eudina Costa e o esposo Totota estavam a caminho do povoado Caneleiro quando souberam do acidente, e rapidamente desviaram o percurso para irem prestar atendimento às vítimas no local.
                    
A ambulância chegou ao local e conduziu os pacientes ao (HBM) Hospital de Bernardo do Mearim.

De acordo com o médico plantonista Luiz Arthur, os feridos com maior gravidade foram levados direto ao Hospital Geral de Peritoró (HGP). Os outros feridos com menor gravidade aguardaram atendimento médico no HBM.

Segundo o médico, 7 pessoas foram encaminhadas ao Hospital de Peritoró, incluindo Vanessa de Oliveira Silva, que reside no povoado Baixão do Moacir. Ela sofreu uma fratura no braço esquerdo. Os demais sofreram apenas ferimentos leves como escoriações, edemas e hematomas.


Com informações do blog do Robson


Um comentário:

  1. Pelo que fiquei sabendo o motorista estava e sem condições para dirigir, isso por que e um ônibus escolar,acredito eu que que os país deveriam tomar providências, sei que momento dobocorrido, ele não transportava alunos, mas e aí?? E se fossem os alunos?? Como isso ficaria??talvez nada, assim como não aconter nd agora, ele continuar dirigindo, continuar transportando os alunos como se nada tivesse acontecido, por que infelizmente não tem ninguém que vai impor e tomar as provídencias.

    ResponderExcluir

Fique à vontade, sua opinião é livre e de grande importância; contudo é de inteira responsabilidade do leitor e não representa a opinião do editor deste blog. Prezamos pela ética e pudor. Os comentários serão publicados em até 24 horas após análise.

Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o e-mail: imprensa@fernandomelo.blog que iremos avaliar.