sábado, 27 de outubro de 2018

Miudinhas políticas direto da Câmara de Vereadores de Poção de Pedras


Os vereadores se reuniram em mais uma sessão da Câmara Legislativa na manhã desta sexta-feira (26). Contudo, foi uma sessão que fugiu a monotonia dos trabalhos de todas as sextas. A excepcionalidade é que o auditório pela primeira vez, depois de muito tempo, esteve lotado, e o prefeito Júnior Cascaria foi participar, e por sinal, chegou meio que agastado para concertar alguns vícios flexuosos. 

O titular do blog estava ausente da cidade e não pode acompanhar, mas com base nas repercussões, esmoe:

Professores

O gestor discorreu sobre a reivindicação dos professores da rede municipal, que compareceram em peso. A classe busca um reajuste do piso salarial.

Cascaria começou agradecendo aos profissionais de Educação pela qualidade do ensino no município, ao tempo em que assegurou que jamais violará os direitos estabelecidos na Constituição à classe, seguindo sempre os critérios do piso. Porém, aquilo que lhe é cobrado no âmbito municipal será pauta de conversação com o Sindicato e Associação em reuniões.

Mídia

“Vereadores que assinam meio mundo de requerimentos e saem postando em redes sociais como forma de se engrandecer, deveriam antes disso, mostrar de onde tirarão os recursos, com quais verbas. É importante que estes vereadores que saíram batendo nas portas e pedindo votos para seus deputados, voltem desta vez a bater na porta dos gabinetes atrás de obras”, verbalizou o prefeito numa quase 'direta'.

O fator Joaquim Filho

O vereador – funcionário público efetivo, foi forçado a voltar a prestar serviço no quadro de motoristas da Prefeitura. Mas houve um imbróglio, segundo o apurado, Joaquim queria assumir algum veículo além do permitido pela categoria de sua habilitação, que é AB. Então, ao invés de pegar algum ônibus ou outro veículo de grande porte, foi destinado ao carro da merenda escolar.

Isto fez com que o vereador fosse ao MP acusar o governo de estar dificultando o cumprimento de sua carga horária.

Reforma administrativa

Cascaria anunciou que haverá a "dança das cadeiras" em seu secretariado, sugerindo que nos próximos dias pode ocorrer uma reforma administrativa, apanhando a muita gente de surpresa. Não deu mais detalhes.















































Messias Fotos

Um comentário:

Fique à vontade, sua opinião é livre e de grande importância; contudo, é de inteira responsabilidade do leitor e não representa a opinião do editor do blog. Prezamos pela ética e pudor. Os comentários serão publicados em até 24 horas após análise.