sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019

Em Poção de Pedras, pré-candidato a prefeito é acusado de dar calote em empresário e Banda de Forró

Deu no Blog do Gláucio Ericeira (São Luís) ...


Caio Carlos, que agora está tendo problemas com o Forrozão Tropikália, anunciou que em abril trará para Poção de Pedras a dupla Matheus & Kauan.
Natural de Brasília, o bacharel em Direito, Caio Carlos Farias (foto), envolveu-se em uma polêmica negativa em Poção de Pedras, município onde ele milita politicamente.

O pré-candidato à sucessão do prefeito Júnior Cascaria, em 2020, está sendo acusado por um empresário, de nome Maurício, de aplicar um verdadeiro calote referente ao não pagamento de um show da Banda Forrozão Tropykália, realizado no mês passado durante o aniversário de emancipação política e administrativa da cidade.

Ocorreu o seguinte: para promover o seu nome, Caio Carlos anunciou, com alarde, que realizaria o show no período das festividades em parceria com o empresário Pinto Catingueiro.

A Banda, de fato, se apresentou no dia 20 de janeiro. No entanto, o empresário que intermediou a contratação da mesma queixou-se do calote.

Segundo Maurício, o contrato rezava que 50% do cachê seria pago antes da apresentação e a outra metade no momento em que os artistas subissem no palco.



Para camuflar o pagamento da segunda parcela, segundo o empresário, Caio Carlos teria forjado uma transferência bancária.

O editor do Blog teve acesso a diversos prints de conversas e áudios envolvendo Maurício, alguns amigos seus e próprio Caio Carlos.

Em um dos áudios, no qual se posiciona sobre o assunto, o pré-candidato admite o débito.

Disse, porém, que está “resolvendo” e pede “margem” ao empresário.

PS: Os três primeiros áudios são do empresário. O último, do pré-candidato a prefeito.

5 comentários:

  1. Pior é o dinheiro dos professores que o Ditador KIM JONG-UN de poção de pedras comeu.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cadê as responsabilidades desses "professores" com a educação nos nosso filhos?Professor enrolando,professor chagando atrasado,professor fraudando concurso e tu ainda fala nesses "mestres".

      Excluir
  2. Se esse cara fez isso com um empresário, imagina o que poderá fazer com o cidadãos de bem dessa cidade. Vamos abrir os olhos, pois não sabemos o que realmente ele é ou com o que mexe onde mora...

    ResponderExcluir
  3. Fernando Mello tá bom de vc fazer uma matéria falando que o prefeito de poção de pedPed não paga os professores,só que é claro que v n faz né pq se não vc perde o seu emprego

    ResponderExcluir
  4. Povo preocupado com banda de forró enquanto a cidade tá um lixo oh hipocrisia grande desse povo affs

    ResponderExcluir

Fique à vontade, sua opinião é livre e de grande importância; contudo, é de inteira responsabilidade do leitor e não representa a opinião do editor do blog. Prezamos pela ética e pudor. Os comentários serão publicados em até 24 horas após análise.