terça-feira, 4 de junho de 2019

Eliziane Gama vota contra MP que combate fraudes no INSS

Entre os senadores maranhenses presentes na votação, Gama foi a única que preferiu votar contra a Medida Provisória 871, que prevê combate a fraudes no INSS


Eliziane Gama. (Foto: Roque de Sá / Agência Senado)
O plenário do Senado aprovou na noite da última segunda-feira, 3, a medida provisória que busca coibir fraudes nos benefícios do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Foram 55 votos favoráveis e 12 contrários à proposição. Dentre estes votos, estão os dos dois dos três senadores maranhenses sendo que votou contra combate a fraudes somente Eliziane Gama (Cidadania). Aprovada na forma do Projeto de Lei de Conversão (PLV) 11/2019, a MP 871/2019 segue agora para a sanção da Presidência da República.

O prazo de validade da MP 871 era até ontem. Os senadores aprovaram durante a noite a proposta que tem como pontos a criação de um programa de revisão de benefícios previdenciários, a MP exige cadastro do trabalhador rural e restringe o pagamento de auxílio-reclusão aos casos de cumprimento da pena em regime fechado.

Dos três senadores do Maranhão, dois estiveram presentes na votação: Roberto Rocha (PSDB) e Eliziane Gama (Cidadania). O senador do PDT Weverton Rocha estava integrando a missão internacional do Brasil na Guiana em visita a Base de Kourou.

Roberto Rocha votou a favor da MP de combate a fraudes no INSS e Eliziane Gama foi contra. Procurado por O Estado, o senador tucano disse que não entende os motivos que levaram outros senadores a se posicionar contra. "Como alguém pode votar contra o combate a fraude? Comete fraude todo aquele que se aproveita da ignorância do outro para prejudicar", disse Roberto Rocha.

O Estado também procurou a senadora Eliziane Gama para tratar sobre seu voto na MP 871, no entanto, até a publicação desta reportagem, não houve resposta da parlamentar.

O Estado do MA

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade, sua opinião é livre e de grande importância; contudo, é de inteira responsabilidade do leitor e não representa a opinião do editor do blog. Prezamos pela ética e pudor. Os comentários serão publicados em até 24 horas após análise.