sábado, 8 de junho de 2019

O ato político do pré-candidato a prefeito Jhulio sob uma análise irreverente



O vereador e pré-candidato a prefeito de Poção de Pedras, Jhulio Sousa, após propagar com antecedência em carros de som e redes sociais, promoveu na noite desta sexta-feira, 07, em frente a sua residência no bairro Alto Brilhante, um ato político que marcou oficialmente o lançamento de sua candidatura a prefeito.

Sucesso ou tiro no pé?

É admirável que Jhulio tenha dado o ponto de partida e, demonstrado coragem – o primeiro a de fato movimentar a tão rumorosa política poção-pedrense, numa candidatura que transpareceu a ideia impositiva e mercantilista, respaldada à luz do “muito dinheiro”, o que certamente contrariaria ditos donos da oposição, como o ex-prefeito Gildásio.

Enquanto não se chegou a um consenso, Jhulio sozinho fez a frente e costurou alianças com figuras conhecidas de eleições passadas. Literalmente abraçou-se com a derrota e trouxe ao seu palanque antigos ex-vereadores e pseudas lideranças que outrora foram execradas pela população.

Abre do olho amigo Jhulio! Eles estão sedentos por dinheiro.

Ainda falta mais de ano, resta saber se com o resultado não tão bem-sucedido deste primeiro ato, Jhulio terá mesmo 'bala na agulha' para sustentar uma cambada de rapinas, que precisam o quanto antes suprir suas necessidades financeiras.

Pela força do dinheiro eles facilmente se deixam conquistar, mas e o povo? De que lado está?

Fotos do evento










2 comentários:

  1. Se existe o ditado deu um tiro no próprio pé o vereador Jhulio foi um, quem garante que muitos dessa turma não viraram as costas pra ele quando o poço estiver se esgotando?
    Outro também que se deu o próprio tiro no pé foi um interlocutor da cidade em escancarar e dizer aos quatro cantos que é oposição onde não se sabe nem quem será o verdadeiro opositor. O engraçado e que o mesmo agora venha a cuspir no prato que comeu. Hoje vem dizendo ser contra a barracão ou não de uma pessoa em um local público por causa das vestes. Não é pq o lugar é público que vai se aceitar certos looks. Uma escola é pública e lá não aceita a pessoa entrar de qualquer jeito.

    ResponderExcluir
  2. é um tiro no pé querer mandar nos voto dos outros e comprar de casa em casa rsrs.
    assim como é um tiro no pé que as magoas do passado volta e paga na mesma moeda.
    é tiro no pé conspiração e perseguição, alguém lembra porque o GIGI perdeu em 2012??

    ResponderExcluir

Fique à vontade, sua opinião é livre e de grande importância; contudo, é de inteira responsabilidade do leitor e não representa a opinião do editor do blog. Prezamos pela ética e pudor. Os comentários serão publicados em até 24 horas após análise.