sexta-feira, 23 de agosto de 2019

Estado do Maranhão descumpre prazo para recuperação da MA-012, entre Esperantinópolis e Poção de Pedras


O Estado do Maranhão teve um prazo de 60 dias para realizar a restauração do pavimento asfáltico e da estrutura da rodovia MA-012 entre os municípios de Esperantinópolis e Poção de Pedras (reveja), priorizando o trecho de descida/subida da Serra do Jiquiri, prazo esse que já venceu no dia 16 de julho.

A Ação pública proposta pelo Ministério Público do Maranhão determinou que os reparos e o asfalto fossem recuperados durante esse período, porém, a obra só foi realizada em parte, o asfalto foi colocado, mas a estrutura da estrada não foi mexida. Durante todo esse percurso, existem crateras que estão engolindo parte da estrada, pondo em risco vidas de centenas de pessoas que trafegam por esse trecho todos os dias.

O titular da Promotoria de Justiça de Esperantinópolis, Xilon de Souza Júnior, relatou que a situação da rodovia é especialmente precária no trecho da rodovia próximo ao povoado Jiquiri, distante aproximadamente 5km do centro da cidade.

O Governo Flávio Dino (PCdoB), também foi obrigado a providenciar a restauração dos dispositivos de sinalização nas modalidades horizontal e vertical, a pintura das lombadas e o reparo dos acostamentos, de forma direta ou através dos procedimentos emergenciais.

A decisão judicial, datada no dia 16 de maio determina que em caso de descumprimento, será aplicada multa diária de R$ 1 mil, por dia de atraso, a ser revertida para o Fundo Estadual de Proteção dos Direitos Difusos.

Considerando que o prazo já está vencido há 36 dias, a população quer saber, a multa está sendo aplicada? E a obra, ficará somente no tapa-buracos mesmo?




Do Blog Carlos Barroso


0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade, sua opinião é livre e de grande importância; contudo é de inteira responsabilidade do leitor e não representa a opinião do editor deste blog. Prezamos pela ética e pudor. Os comentários serão publicados em até 24 horas após análise.

Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o e-mail: imprensa@fernandomelo.blog que iremos avaliar.