quarta-feira, 4 de setembro de 2019

Em Coroatá, pai do prefeito faz ‘ação social’ doando baldes


Há cerca de trinta dias as mil unidades do residencial Eco Marajá em Coroatá estão sem abastecimento de água devido a problemas operacionais no único poço que abastece o conjunto do programa Minha Casa Minha Vida.

Diante do transtorno, os moradores organizaram um protesto e chegaram inclusive a bloquear o trânsito na avenida que dá acesso ao bairro.

Apesar de todo esse tempo sem resolver o problema, a Caema preferiu adotar medidas paliativas como a colocação de caixas d’água nas ruas e avenidas do conjunto.

E foi diante dessa situação que o ex-prefeito Luís da Amovelar, que comanda a prefeitura de fato, mobilizou a administração para “resolver o problema” (pasmem!) doando baldes plásticos para os moradores da área. Veja:


A entrega dos baldes não pegou nada bem e a repercussão foi geral. Na cidade os populares manifestaram sua revolta nas redes sociais e a avaliação da administração, que já não estava boa, só piorou.

Em vez de usar seu prestígio político junto ao governador Flávio Dino, a quem deu a maior votação no município, Luís da Amovelar resolveu incorporar a essência do folclórico Odorico Paraguaçu e expor a administração do seu filho a um vexame sem precedentes, uma verdadeira piada.

Maranhão de Verdade

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade, sua opinião é livre e de grande importância; contudo, é de inteira responsabilidade do leitor e não representa a opinião do editor do blog. Prezamos pela ética e pudor. Os comentários serão publicados em até 24 horas após análise.