quarta-feira, 25 de setembro de 2019

Policiais que apoiaram ‘Adão do Geladinho’ são homenageados com medalha Manuel Beckman


A Assembleia Legislativa do Maranhão, por meio de Projeto de Resolução Legislativa (116, 118 e 119/2019) de autoria do deputado estadual Neto Evangelista (DEM), concedeu a Medalha do Mérito Legislativo Manuel Beckman aos soldados da Polícia Militar do Maranhão Roberto Henrique da Silva Lima, Wesleyson Alves de Oliveira e Celio Henrique Lima Alves.

"Os militares tiveram uma atitude humana e de solidariedade", disse o parlamentar, ao destacar a ação dos policiais no caso do adolescente Adão Nunes de Sousa, de 14 anos, que foi constrangido porque vendia geladinho em Grajaú.

Assim que souberam, os militares, num gesto de apoio e solidariedade, foram até a casa do garoto, disseram palavras de incentivo e compraram todos os geladinhos para ajudá-lo.

"O exemplo desses policiais serve para todos nós. Para ser herói, são necessários pequenos gestos de amor e generosidade, e o que mais nos gratifica é ver que há pessoas assim. Podemos ser mais solidários uns com os outros. É uma honra prestar essa homenagem”, declarou Neto Evangelista.

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Othelino Neto (PCdoB), também destacou a ação dos militares. "Os senhores deram e dão um exemplo de amor à profissão. Mostram que são policiais que cultuam a vida, que valorizam as pessoas e, por isso, merecem essa homenagem".

Também participaram da cerimônia de entrega das medalhas o secretário de Estado de Segurança Pública, Jefferson Portela; o secretário municipal de Segurança com Cidadania, Heryco Oliveira Coqueiro; o comandante geral da Polícia Militar, Ismael Fonseca, além de outras autoridades, deputados estaduais e sociedade civil.



0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade, sua opinião é livre e de grande importância; contudo é de inteira responsabilidade do leitor e não representa a opinião do editor deste blog. Prezamos pela ética e pudor. Os comentários serão publicados em até 24 horas após análise.

Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o e-mail: imprensa@fernandomelo.blog que iremos avaliar.