quarta-feira, 16 de outubro de 2019

Gil Cutrim pedirá desfiliação do PDT



O deputado federal Gil Cutrim anunciou que vai pedir a desfiliação do seu partido, o PDT, ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Outros quatro parlamentares da legenda e mais três do PSB também afirmaram que seguirão o mesmo caminho.

A decisão foi motivada por terem sido punidos pelas respectivas siglas por terem votado a favor da reforma da Previdência, contrariando a posição dos partidos.

Os pedidos serão protocolados de forma individual. A intenção é alegar justa causa, para não correrem o risco de perderem o mandato.

Além de Gil Cutrim, pedirão desfiliação do PDT: Tabata Amaral, (SP), Marlon Santos (RS) e Flávio Nogueira (PI). Pelo PSB, Felipe Rigoni (ES), Rodrigo Coelho (SC) e Jefferson Campos (SP).

O TSE decidirá se os parlamentares vão manter o mandato.

Jornal Pequeno

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade, sua opinião é livre e de grande importância; contudo, é de inteira responsabilidade do leitor e não representa a opinião do editor do blog. Prezamos pela ética e pudor. Os comentários serão publicados em até 24 horas após análise.