domingo, 8 de dezembro de 2019

Atentado na BR-226 entre Grajaú e Barra do Corda deixa dois índios mortos


Um atentado ocorrido neste sábado (7) deixou dois índios mortos. O caso ocorreu nas proximidades da Aldeia El Betel, às margens da BR-226 entre Grajaú e Barra do Corda. Firmino Prexede Guajajara e Raimundo Bernice Guajajara morreram na hora. Nelsi Olímpio Guajajara levou um tiro na perna. Outros dois índios ficaram gravemente feridos.

Informações preliminares apontam que dois homens em um veículo atiraram nos indígenas, que voltavam de uma reunião com a Eletronorte e Funai. Equipes da Funai e das Polícias Civil e Militar se encontram no local. Os indígenas fazem um bloqueio na rodovia.

Segue a nota do Governo do Estado sobre o acontecido

Sobre o atentado contra lideranças indígenas Guajajara ocorrido neste sábado, 07, na BR 226, entre as Aldeias Boa Vista e El Betel, a Secretaria de Estado dos Direitos Humanos e Participação Popular (Sedihpop) informa que está acompanhando o caso junto à Secretaria de Estado de Segurança Pública (S S P) e representantes da Fundação Nacional do Índio (Funai). Neste momento, uma equipe técnica da Sedihpop encontra-se em deslocamento à Jenipapo. A SSP, por meio das Polícias Civil e Militar, está no local, tomando as providências cabíveis. Os indígenas feridos já foram encaminhados para o hospital, com apoio do Distrito Sanitário Especial Indígena (DSEI) do Maranhão. Até o momento dois óbitos foram confirmados. O Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado de Segurança Pública informou o caso à Polícia Federal, solicitando a adoção das medidas cabíveis.

Após o atentado, o clima ficou tenso na BR-226, no trecho da aldeia indígena. 


Com informações - Jornal Pequeno 


0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade, sua opinião é livre e de grande importância; contudo é de inteira responsabilidade do leitor e não representa a opinião do editor deste blog. Prezamos pela ética e pudor. Os comentários serão publicados em até 24 horas após análise.

Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o e-mail: imprensa@fernandomelo.blog que iremos avaliar.