domingo, 5 de janeiro de 2020

É falsa a informação de carne de urubu vendida como de galinha caipira em feira de Manaus

Diversos portais de credibilidade, dentre eles, 180 Graus e Meio Norte, inclusive a blogosfera maranhense, foram induzidos ao erro. Segundo análise do 'Boatos.org', grande autoridade na desmitificação de boatos e combate às fake news, a informação é falsa. Em respeito ao leitores, reiteramos a verdade dos fatos.



Imagens de cabeças de urubu e de um animal depenado (que supostamente seria da espécie) estão circulando na internet junto com a denúncia de que estão vendendo carne de urubu como se fosse de galinha caipira. Vimos versões da história falando de cidades como a de Belém, mas, graças à colaboração de alguns veículos de mídia locais, a versão mais recorrente aponta que o caso ocorreu em uma feira de Manaus. Os textos apontam que há um mercado de carnes clandestinas nas ruas da capital do Amazonas e que o preço da unidade da ave seria de R$ 5. Leia trechos de duas das versões da história que circularam em redes sociais.



Versão 1: Bizarro! Manauaras em perigo; Carne de Urubu está sendo vendida na cidade de Manaus como frango. Um novo mercado de carnes clandestinas circula pela capital amazonense. Homens oferecem carne de Urubu dizendo que é galinha caipira, segundo informações repassadas ao portal O Abutre. Os animais são capturados com linha de pesca e anzóis com isca, depois são tratados e embalados e passam a ser vendidos nas ruas de Manaus. O preço é 5 reais a unidade, a Fonte que nos passou a informação diz que foi vítima do golpe e alerta a população a ter cuidado, se oferecerem galinha caipira, cuidado! Você pode estar comprando carne de Urubu.

Versão 2: Urubus são vendidos como galinha caipira nas ruas de Manaus Os amazonenses estão comprando “gato por lebre”, ou melhor, urubu por galinha caipira. A denúncia é do site de notícias O Abutre, que publicou fotos postadas em redes sociais mostrando as aves sendo depenadas e vendidas nos bairros de Manaus ao preço “promocional” de R$ 5. Segundo a denúncia, o comércio é feito nas ruas da cidade em carros que circulam anunciando a venda do produto clandestino. As fotos mostram urubus já abatidos, preparados e embalados para o consumo. Ainda de acordo com a publicação, os urubus são capturados com linha de pesca e anzóis com isca. […]

Carne de urubu é vendida como galinha caipira em feira de Manaus, no Brasil?


Muita gente ficou assustada com a história e saiu compartilhando as fotos por aí. Mas será mesmo que a informação que aponta que carne de urubu está sendo vendida em Manaus (ou em qualquer outro lugar do Brasil)? 

A resposta é não. Calma aí que a gente explica tudo para vocês. Apesar de as notícias terem saído em alguns veículos, um detalhe nos incomodou: as características do texto. Apesar de ter uma “cara” de notícia, ele é extremamente vago (faltam informações sobre as pessoas que estavam vendendo, o local etc), alarmista e não cita fontes confiáveis (em alguns casos, citavam um site manauara como o “denunciante”, que, por sua vez, citava “as redes sociais” como fonte). 

Sem muitos indícios sobre a história, resolvemos fazer uma busca pelas imagens dos supostos urubus vendidos no Brasil. Foi aí que descobrimos que a foto circulou em países de língua espanhola muito antes de chegar por aqui. Ao fazer uma busca reversa pelo “caso do urubu vendido como frango”, descobrimos que a história “chegou ao Brasil” por volta do dia 3 de janeiro. Porém, descobrimos registros de imagens que viralizaram no México e outros países da América Central no dia 29 de dezembro do ano passado.

O primeiro lugar que achamos registros da história foi Honduras. Depois disso, vimos a denúncia circulando pela Nicarágua, Costa Rica e México. Todas as denúncias linkadas aqui são do dia 29/12/2019. A partir daí, vimos versões no México (algumas falavam que o “caldo do urubu” estava sendo vendido como um produto medicinal). Só alguns dias depois que a denúncia “virou brasileira”.


Resumindo: a história que aponta que carne de urubu está sendo vendida em uma feira de Manaus é falsa. Com tantas versões circulando na web, fica difícil saber o local real da venda. Porém, a cronologia da denúncia e a falta de repercussão entre autoridades no Brasil já nos faz ter certeza que a venda das aves das imagens não ocorreu por aqui.


2 comentários:

Fique à vontade, sua opinião é livre e de grande importância; contudo é de inteira responsabilidade do leitor e não representa a opinião do editor deste blog. Prezamos pela ética e pudor. Os comentários serão publicados em até 24 horas após análise.

Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o e-mail: imprensa@fernandomelo.blog que iremos avaliar.