quinta-feira, 19 de março de 2020

Governo prepara leitos para tratar coronavírus em toda rede estadual de saúde

Governo está montando leitos de UTI e leitos de isolamento em toda a rede estadual de saúde (Foto: Jardel Scott)
O Governo do Maranhão está montando leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e leitos de isolamento em toda a rede estadual de saúde, incluindo Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e hospitais macrorregionais e regionais, para tratar os casos graves que necessitem de internação por conta do coronavírus (Covid-19). O Maranhão não possui casos confirmados da doença, mas acompanha atualmente 72 casos suspeitos.

Os leitos estão sendo montados como forma de se antecipar a um possível surto de Covid-19 no estado. Na última terça-feira (16), os diretores das unidades de saúde repassaram ao governador Flávio Dino a lista de leitos de isolamento e de UTI que podem ser reservados para tratamento da virose.

“Não há pânico, mas há alerta. Não podemos ficar inertes, estamos com ações bastante claras visando a prevenção e a ampliação de leitos. A rede do estado possui cerca de 500 leitos de UTI e estamos, nesse momento, ampliando a oferta de leitos no que se refere a internação, como também leitos de UTI para os casos mais graves”, garantiu o governador Flávio Dino.

O governador também lembra que, de acordo com a experiência internacional, apenas os casos muito graves de coronavírus devem chegar à UTI. “A literatura internacional registra que aproximadamente apenas 5% dos casos é que demandam leitos de UTI. Estamos agindo de acordo com essa casuística internacional e brasileira, para garantir a vigilância e a assistência”, assegurou.

Leitos no estado

Em São Luís, o Governo trabalha para concluir em tempo recorde a reforma e ampliação do Hospital Genésio Rêgo, na Avenida dos Franceses. Em abril, serão 50 leitos de isolamento para tratar pacientes diagnosticados com casos graves de infecção pelo coronavírus. No Hospital Carlos Macieira, também em São Luís, 20 novos leitos de UTI foram montados caso seja necessário o tratamento de pacientes da pandemia.

Os leitos ficam isolados em um andar do hospital, evitando o contato com pessoas de outras enfermidades. Na cidade de Imperatriz, o Hospital Macrorregional Drª Ruth Noleto está ampliando a capacidade da UTI e dez novos leitos estão sendo criados. Em toda a unidade, inicialmente, serão 22 leitos para tratar coronavírus, entre UTIs e leitos de retaguarda.

No Macrorregional de Coroatá, o Governo do Maranhão está finalizando obra de implantação de mais dez leitos de UTI, totalizando 22 leitos de terapia intensiva e mais dois de isolamento.


0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade, sua opinião é livre e de grande importância; contudo é de inteira responsabilidade do leitor e não representa a opinião do editor deste blog. Prezamos pela ética e pudor. Os comentários serão publicados em até 24 horas após análise.

Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o e-mail: imprensa@fernandomelo.blog que iremos avaliar.