quinta-feira, 16 de abril de 2020

Flávio Dino dribla EUA e Bolsonaro para levar 107 respiradores da China para o Maranhão


Revista Fórum

O governador Flávio Dino (PCdoB) montou uma verdadeira operação de guerra para levar ao Maranhão em tempo recorde 107 respiradores e 200 mil máscaras compradas da China em março.

A logística, envolvendo 30 pessoas, foi traçada para evitar que o lote fosse desviado ou vendido aos Estados Unidos ou confiscado por Jair Bolsonaro – como já havia acontecido outras vezes, segundo a coluna Painel, da Folha de S.Paulo, desta quinta-feira (16).

Com a ajuda de uma importadora maranhense, Dino negociou diretamente com uma empresa chinesa, que enviou os equipamentos e suprimentos médicos para a Etiópia, escapando da rota que passaria pela Europa – onde poderia ser desviada.

O secretário estadual Simplício Araújo, de Indústria e Comércio, que coordenou a empreitada, diz que o cargueiro que saiu da China e aterrissou em São Paulo teve o frete pago pela mineradora Vale.

Em São Paulo, a carga foi colocada em um avião fretado e enviada direta para o Maranhão, onde passou pela Receita Federal. A estratégia, de evitar a liberação na Alfândega em São Paulo, foi montada para que os equipamentos não fossem retidos pelo governo Bolsonaro.

“Se não fizéssemos dessa forma, demoraríamos três meses para conseguir essa quantidade de respiradores. Assim que os equipamentos chegaram já os conectamos para ampliar a nossa oferta de leitos de UTI”, disse Araújo à Folha. A operação levou 20 dias, ao custo de 6 milhões de dólares.


19 comentários:

  1. Vocês gostam de contar piada esse comunista e vocês são da mesma laia

    ResponderExcluir
  2. E vários países foram "driblados" pela china.. se receberam oq compraram, receberam com defeitos. Teve até país que devolveu!
    Mas vale tudo pra colaborar com o sagrado comunismo!

    ResponderExcluir
  3. Então e roubo tem que ser preso kkkkk

    ResponderExcluir
  4. Respostas
    1. verdade, e com esses respiradores a tendência é piorar ainda mais, né?

      Excluir
  5. Governador do estado mais pobre de um país de 3° mundo conseguir enganar os EUA? Kkk Kkk Essa é boa.

    ResponderExcluir
  6. Aí jogou em um depósito, sem ser instalado e gente precisando, do que adiantou??!

    ResponderExcluir
  7. Até q enfim uma coisa boa se ele não sumir com eles no caminho

    ResponderExcluir
  8. Eu particularmente acho q foi sim uma atitude louvável da parte do governador Flávio Dino. Está certíssimo todos os outros estão correndo contra o tempo pra conseguir os respiradores, e ele conseguiu e está destribuindo para as cidades com suspeita da doença. Então só tenho que dzr Parabéns governador.

    ResponderExcluir
  9. Ainda bem que conseguiu!

    ResponderExcluir
  10. deve já está todos contaminados

    ResponderExcluir
  11. Vamos aguardar os próximos capítulos, aí vem Bomba, esse ordinário não dar nada pra população, #ficamosdeolho#

    ResponderExcluir
  12. Tem que cortar as asas deste comunista, se não vai set um verme na carne dos maranhenses, já se livraram do câncer da família Sarney....Acorda povo do Maranhão!

    ResponderExcluir
  13. eu nunca votei e nem voto

    ResponderExcluir
  14. O cara fez uma boa ação e ainda tem gente reclamando
    Ele pode não agradar todo mundo mais pelo menos deve ser reconhecido por esse grande passo
    Esses mesmos respiradores podem ser usado por seu pai, sua mãe ou até mesmo vc
    Agradeçam pelo o q tem
    Ainda tem ser humano lixo q não ficam feliz por isso
    Se essa história mesmo for verídica bato palmas para esse gesto

    ResponderExcluir
  15. sso é o q ele diz,acreditem se quiser.Pois esses respiradores quem mandou para o Maranhão foi o governo federal; na primeira remessa vindo da China e toda a estratégia para recebimento desses respiradores e outros equipamentos foi montado pelo Ministério da Defesa e agora essa bacana vai pra mídia pousando de herói, me poupe.

    ResponderExcluir
  16. Aguardem. A verdade vai aparecer. Esse comunita e o diabo em formato humano.

    ResponderExcluir

Fique à vontade, sua opinião é livre e de grande importância; contudo é de inteira responsabilidade do leitor e não representa a opinião do editor deste blog. Prezamos pela ética e pudor. Os comentários serão publicados em até 24 horas após análise.

Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o e-mail: imprensa@fernandomelo.blog que iremos avaliar.