quinta-feira, 30 de julho de 2020

Covid-19: por falta de insumos, Saúde tem quase 10 milhões de testes encalhados



O Ministério da Saúde ainda guarda estoque de 9,85 milhões de testes do tipo PT-PCR, para diagnóstico da Covid-19, segundo o Estadão.

É quase o dobro das cerca de 5 milhões de unidades entregues pelo governo federal a estados e municípios até agora.

O principal motivo para que os testes estejam encalhados no ministério é a falta de insumos usados em laboratório para processar as amostras. Segundo as secretarias estaduais de Saúde, é necessário o envio, não apenas do exame, mas de reagentes específicos.

O governo comprou lotes de exames, mesmo sem garantia de que haveria todos os insumos necessários. De acordo com o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), esses produtos não vêm sendo distribuídos “com regularidade”.

“No primeiro momento, não tínhamos testes porque estavam escassos. A Fiocruz começou a produzir, além de laboratórios privados. Aí começou a faltar tubo, material de extração, depois de magnificação”, disse ao jornal o professor da Faculdade de Saúde Pública da USP, Gonzalo Vecina. “Agora está faltando só competência. Falta só disposição do Estado para distribuir, coletar e processar.”

O ministério informou que teve dificuldades para encontrar todos os insumos no mercado internacional, mas que a distribuição vem sendo estabilizada à medida que chegam importações de fornecedores. O risco é de que esses exames acabem vencendo.

(O Antagonista)

0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade, sua opinião é livre e de grande importância; contudo é de inteira responsabilidade do leitor e não representa a opinião do editor deste blog. Prezamos pela ética e pudor. Os comentários serão publicados em até 24 horas após análise.

Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o e-mail: imprensa@fernandomelo.blog que iremos avaliar.