terça-feira, 7 de julho de 2020

Deputados lamentam morte do ex-prefeito de Poção de Pedras Gildásio Ângelo

Sessão plenária na qual diversos parlamentares manifestaram pesar pela morte de Gildásio Ângelo
Diversos deputados lamentaram, durante a sessão plenária desta terça-feira (07), a morte do ex-prefeito do município de Poção de Pedras, ocorrida na noite do último domingo (5), vítima da Covid-19.

A deputada Daniella Tema (DEM) foi a primeira a ocupar a tribuna para manifestar solidariedade à família do ex-gestor municipal, lembrando que ele foi um grande amigo e auxiliar do seu marido, o prefeito de Tuntum, Cleomar Tema.

Continua...

Gildásio Ângelo foi secretário de Saúde de Tuntum e, também, diretor da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (Famem), durante a gestão de Tema na instituição. A deputada Helena Duailibe (MDB) afirmou que o Maranhão perdeu um grande técnico da área da saúde, destacando ainda que ele, como presidente do Conselho Municipal dos Secretário de Saúde (COSEMS), foi precursor do fortalecimento de entidades do gênero.

“O Gildásio, o Tema, o ex-prefeito de Bacabal, Dr. Lisboa, foram os que iniciaram o fortalecimento desse tipo de entidade, que muito tem feito pela saúde pública no Maranhão”, disse Helena Duailibe.

O deputado César Pires (PV) afirmou que perdeu um grande amigo e um grande companheiro de lutas. Disse também que, com a morte de Gildásio, Poção de Pedras ficou sem uma grande liderança política e que o Maranhão perdeu um respeitado técnico na área da saúde pública. “Sua partida abre uma grande lacuna na área técnica da saúde e na política do nosso estado”, ressaltou.

César Pires destacou ainda que, por conta da situação da internação de Gildásio, ele apresentou um projeto de lei, aprovado pelo plenário e já promulgado pela Mesa Diretora, que será denominada “Lei Gildásio Ângelo”. O dispositivo estabelece que os planos de saúde sejam obrigados a cumprir, em um prazo máximo de seis horas, os procedimentos médicos solicitados para o paciente.

Os deputados Glauber Cutrim (PDT) e Rafael Leitoa (PDT) também manifestaram pesar pela morte do ex-prefeito, destacando suas qualidades como político e como técnico da área de saúde. Ele era bioquímico e funcionário da Fundação Nacional de Saúde (Funasa).

Agência Assembleia


0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade, sua opinião é livre e de grande importância; contudo é de inteira responsabilidade do leitor e não representa a opinião do editor deste blog. Prezamos pela ética e pudor. Os comentários serão publicados em até 24 horas após análise.

Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o e-mail: imprensa@fernandomelo.blog que iremos avaliar.