quarta-feira, 7 de outubro de 2020

Secretário de Educação descarta retomada das aulas presenciais na rede estadual este ano no Maranhão

 


O secretário estadual de Educação, Felipe Camarão, afirmou nesta terça-feira (6), que não haverá a retomada das aulas presenciais em escolas da rede estadual de ensino do Maranhão neste ano.

Com isso, os mais de 300 mil alunos matriculados na rede estadual devem continuar tendo aula apenas pelo sistema remoto. Para o secretário, o maior desafio neste momento será a preparação das escolas para receber os alunos em 2021.

"Nós não iremos retomar as aulas presenciais este ano, vamos concluir o ano letivo de forma remota. O ano de 2020 de toda a rede estadual será concluída de maneira remota, com mediação de tecnologia e no ano que vem, vamos preparar a comunidade escolar para o retorno híbrido", disse o secretário.

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), havia afirmado em entrevista coletiva na sexta-feira (2), que 'não era viável do retorno das aulas neste ano', após o resultado da consulta pública entre estudantes, pais e professores.

Flávio Dino afirmou que o governo deve tentar recuperar a perda de conteúdo dos alunos, aplicando uma revisão para os estudantes do 9º ano do ensino fundamental da rede estadual e municipal.

Desde o início da pandemia, a volta às aulas presenciais na rede estadual já foi adiada por 6 vezes. As atividades foram suspensas desde março e seguem de forma remota no estado.

Até o momento, apenas as escolas da rede privada do Maranhão iniciaram as aulas. Ao todo, 50 escolas e universidades particulares retornaram as atividades de modo híbrido (presencial e online), segundo o Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino do Estado do Maranhão (Sinpe-MA).

Do G1, MA


0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade, sua opinião é livre e de grande importância; contudo é de inteira responsabilidade do leitor e não representa a opinião do editor deste blog. Prezamos pela ética e pudor. Os comentários serão publicados em até 24 horas após análise.

Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o e-mail: imprensa@fernandomelo.blog que iremos avaliar.