sábado, 24 de outubro de 2020

Turma do 14 tentam obstruir visita de Francisco à Vila Borges, são acionados na Justiça Eleitoral e saem expulsos pela polícia

 Vídeo



Em Poção de Pedras, a oposição encabeçada pelos candidatos Jhulio e Valney sofreram uma verdadeira derrocada à luz da Justiça Eleitoral.

A turma do ódio e do desespero, ao tomarem conhecimento que os candidatos Francisco e Adailza iriam visitar o bairro Vila Borges – agenda cuja comunicação havia sido feita previamente via ofício, protocolado pela Coligação “Com o Povo o Trabalho Continua” – mudaram a concentração de seu buzinaço, que seria no bairro Nova Jerusalém e, logo cedo, às 6h deste sábado (24), se direcionaram ao mesmo bairro onde estaria a turma do 12, a fim de causar provocações e incitar conflitos e o caos. 

O locutor Ailton Pontes, tresloucado, numa clara tentativa de conturbar a agenda de campanha e deturpar o pleito democrático, não mediu palavras em tons de baixaria; invadiu a rua onde estava o candidato Francisco Pinheiro e desferiu ataques à honra de Júnior Cascaria. Ele passou a manhã no paredão de som nas ruas com mentiras, alegando que também estavam com a data oficializada para a Vila Borges.

Já na parte da tarde, após interpelação, a Justiça Eleitoral emitiu decisão, onde entendia que o locutor estava incitando a violência e o ódio, e desmascarou a farsa da oposição, que em mais uma mentira tentou se sair de vítima dizendo se tratar perseguição.

O juiz respondendo pela 61ª ZE assinou a sentença determinando que viesse reforço policial, como de fato veio, Ailton Pontes fosse conduzido à Delegacia Regional de Pedreiras para prestar esclarecimentos sobre sua postura, e que a turma do 14 abstivesse de realizar qualquer evento no dia de hoje, sob pena de multa de R$ 100 mil, devendo retirar-se do bairro Vila Borges, sob sanção de ter seus paredões de som apreendidos.

No vídeo acima, é possível ver o exato momento em que o oficial de Justiça, juntamente com homens da Política Militar e Força Tática, chegam para notificar os candidatos Jhulio e Valney. 

Veja a íntegra da decisão



Aviso prévio do 12


Momento em que o paredão do 14 parte em retirada da Vila Borges






0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade, sua opinião é livre e de grande importância; contudo é de inteira responsabilidade do leitor e não representa a opinião do editor deste blog. Prezamos pela ética e pudor. Os comentários serão publicados em até 24 horas após análise.

Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o e-mail: imprensa@fernandomelo.blog que iremos avaliar.