sexta-feira, 20 de novembro de 2020

Pesquisas BMO caem por terra e saem desacreditadas em Poção de Pedras após resultado das urnas


A campanha eleitoral da oposição em Poção de Pedras foi sustentada num intenso apelo às pesquisas do instituto Brasil Marketing e Opinião –  BMO, que tem como proprietário o professor Natinho Brito, de Bacabal – MA.

Nos 45 dias os intitulados ‘meninos do bem’ ludibriaram o seu povo com a falsa ilusão de que ganhariam as eleições. A primeira pesquisa apresentou nos gráficos vantagem acachapante de quase 30 pontos de diferença, o que daria cerca de quase 3 mil votos. Uma mentira que serviu de piada e nem mesmo os seus eleitores acreditaram (reveja).

Nas pesquisas seguintes, atreladas sempre ao mesmo instituto, os números foram ficando um pouco mais coesos, contudo, ainda fajutos. A cada nova pesquisa divulgada, o alarde em massa em blogs pagos e desconhecidos.

Entretanto, o que se viu no resultado das urnas foi o oposto do que apontavam as estatísticas do BMO, que saiu em total descrédito no município de Poção de Pedras.

Quanto ao instituto Escutec, que indicou a vitória de Francisco Pinheiro, a oposição tentou desesperadamente desqualificar a sua credibilidade, e atacaram de forma impiedosa o seu dono. Resultado: saiu certeiro e os opositores com suas caras no chão. 

Confira alguns dos resultados errôneos apresentados pela BMO em Poção de Pedras 




Blogs veiculavam com engodo a suposta vitória de Jhulio






Um comentário:

  1. Cenário político pode mudar, principalmente quando o gestor gastou milhões e milhões comprando a vontade do povo de mudança pra elege o caditado dele

    ResponderExcluir

Fique à vontade, sua opinião é livre e de grande importância; contudo é de inteira responsabilidade do leitor e não representa a opinião do editor deste blog. Prezamos pela ética e pudor. Os comentários serão publicados em até 24 horas após análise.

Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o e-mail: imprensa@fernandomelo.blog que iremos avaliar.