terça-feira, 10 de novembro de 2020

Piloto do Rally dos Sertões morre após sofrer acidente no Maranhão

 Equipes do Rally dos Sertões 2020 passaram por Poção de Pedras cortando rota no último sábado (07)



O piloto Antônio Luís Maciel Filho, conhecido como Tunico Maciel, morreu nesta segunda-feira (09), em São Luis (MA), aos 26 anos de idade, após sofrer grave acidente em prova no Rally dos Sertões. O bicampeão brasileiro de rally estava internado no Hospital UDI Center e não resistiu aos ferimentos.

"Tunico foi vítima de um acidente muito sério, com trauma cranioencefálico grave e, apesar do excelente atendimento que ele teve no local e isso faz uma diferença, ele chegou no hospital em estado bem grave. Evoluiu em morte encefálica, infelizmente, e hoje foi constatado o óbito", explicou o médico Augusto César Passanezi, diretor do Hospital UDI Center, ao UOL Esporte.

Vídeo do momento em que Tunico é resgatado


"O UDI Hospital lamenta a morte do paciente Antônio Luís Maciel Filho na manhã desta segunda-feira. O Hospital se solidariza com a família e amigos por essa irreparável perda", escreveu o hospital em nota oficial.

Tunico sofreu uma queda grave durante uma das etapas do Rally dos Sertões ontem. O acidente ocorreu após 62 quilômetros da largada da prova de 223 quilômetros, entre Bacabal e Barreirinhas no Maranhão. O competidor foi levado de helicóptero para o hospital em São Luis.

A primeira pessoa a encontrar Tunico Maciel foi o piloto Ricardo Martins, que logo acionou o resgate da competição. A equipe médica chegou ao local rapidamente e prestou os primeiros socorros.

O Rally dos Sertões fez um vídeo para homenagear o piloto. "Com imensa tristeza o Sertões recebe a notícia do falecimento do piloto Tunico Maciel. O bicampeão da prova não resistiu aos ferimentos sofridos em um acidente na última especial do Sertões 2020. À família, companheiros de trabalho e aos amigos mais próximos de Tunico, a nossa solidariedade e as nossas orações. A Família Sertões está de luto", escreveu a organização.

Natural de Lavras (MG), Tunico Maciel era grande aposta Honda Racing. Ele era um dos jovens pilotos da nova geração do Rally Cross Country e do Enduro de Regularidade. A equipe lamentou a morte do competidor.

"A Honda Racing de Rally lamenta profundamente o falecimento do piloto Tunico Maciel e presta condolências aos familiares e fãs e do atleta. (...). Exemplo de pessoa por seu carisma e caráter, Tunico era um piloto extremamente habilidoso e dedicado. Na equipe desde 2015, ele conquistou dois títulos no Sertões e o recente bicampeonato brasileiro de Rally Coss Country. A comunidade do motociclismo está em luto. Para o eterno campeão, Tunico Maciel, nosso respeito e gratidão", escreveu a equipe.

Uol Esporte


0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade, sua opinião é livre e de grande importância; contudo é de inteira responsabilidade do leitor e não representa a opinião do editor deste blog. Prezamos pela ética e pudor. Os comentários serão publicados em até 24 horas após análise.

Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o e-mail: imprensa@fernandomelo.blog que iremos avaliar.