sexta-feira, 5 de fevereiro de 2021

Poção de Pedras recebe doses da AstraZeneca e segue vacinando trabalhadores da Saúde contra a Covid-19

 

Diante do cenário pandêmico em que se encontra o mundo, com a corrida dos estados para cumprirem o percentual máximo de cobertura vacinal contra a Covid-19, após o recebimento das primeiras doses, aumentam as filas, a procura nos postos de vacinação e consequentemente a ansiedade das pessoas que querem logo ser imunizadas. 

Contudo, cada município seguirá seus planos que foram elaborados de acordo com o que preconiza o Ministério da Saúde, que estipulou algumas etapas que contemplarão diferentes públicos, e com isso, a população deve aguardar, continuando a manter os cuidados e prevenção. 

O editor conversou com a coordenadora de Imunização de Poção de Pedras, Dra. Honna Pelúsia, que fez um breve levantamento de como anda a campanha de vacinação, que no momento abrange os trabalhadores da saúde:   

– O Município de Poção de Pedras iniciou a vacinação contra Covid-19 no dia 20 de janeiro de 2021 - reveja, quando recebeu 124 doses de vacina Coronavac/Butantan, que foram destinadas aos trabalhadores de saúde da linha de frente de combate ao Covid-19, elencando os seguintes estabelecimentos de saúde: Hospital e Maternidade Agostinho Cruz Marques; Central de Atendimento ao Covid-19; Ambulatório Municipal; Laboratório Municipal e Agentes Comunitários de Saúde.

Com o recebimento de 100 doses que correspondem ao segundo lote de vacinas para trabalhadores de saúde – AstraZeneca/Fiocruz -, no último dia 02/02, o município continuou a vacinação dos trabalhadores de saúde: Agentes Comunitários de Saúde; Agentes de Endemias; trabalhadores da Vigilância Sanitária; trabalhadores de saúde envolvidos na Campanha de Vacinação; assim como equipes de Estratégia de Saúde da Família; trabalhadores de saúde da rede pública e privada (consultórios, clínicas e laboratórios particulares); trabalhadores de saúde do CAPS e demais trabalhadores de saúde que fazem parte do quadro de funcionários da Secretaria Municipal de Saúde.

A vacinação acontece de acordo com os informes técnicos do Ministério da Saúde e Informe Técnico da SES do Maranhão.

A segunda fase da vacinação está prevista para atender idosos de 60 a 74 anos. Na terceira fase, são pessoas com diabetes mellitus; hipertensão arterial grave; doença pulmonar obstrutiva crônica; doença renal; doenças cardiovasculares e cerebrovasculares; indivíduos transplantados de órgão sólido; anemia falciforme; câncer; e obesidade grave, com Índice de Massa Corporal igual ou maior que 40 (IMC≥40).


0 comentários:

Postar um comentário

Fique à vontade, sua opinião é livre e de grande importância; contudo é de inteira responsabilidade do leitor e não representa a opinião do editor deste blog. Prezamos pela ética e pudor. Os comentários serão publicados em até 24 horas após análise.

Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o e-mail: imprensa@fernandomelo.blog que iremos avaliar.