quinta-feira, 4 de março de 2021

PF cumpre mandados em Pedreiras no combate a fraudes em benefícios emergenciais

Operação Quarta Parcela foi deflagrada nesta quinta (4) no Maranhão e mais oito Estados


Operação da PF visa identificar fraudes massivas e a desarticulação de organizações criminosas. (Divulgação)

A Polícia Federal deflagrou, nesta quinta-feira (4), a operação Quarta Parcela, no combate contra fraudes aos benefícios emergenciais, disponibilizados pelo governo federal.

A operação visa identificar fraudes massivas e a desarticulação de organizações criminosas que atuam causando prejuízos aos programas assistenciais e, por consequência, atingindo a parcela da população que necessita desses valores.

No Maranhão, foi realizada uma segunda fase da ação iniciada em dezembro de 2020, com o cumprimento na data de hoje de mandado de busca e apreensão no município de Pedreiras.

No total, estão sendo cumpridos 32 mandados de busca e apreensão e sete mandados de sequestro de bens, perfazendo um total de mais de R$ 170 mil bloqueados por determinação judicial. Estão participando da deflagração 117 policiais federais nos Estados do Amazonas, Amapá, Bahia, Goiás, Mato Grosso, Paraná, Rondônia, Maranhão e São Paulo.

Esta operação policial é um trabalho conjunto da Polícia Federal, Ministério Público Federal, Ministério da Cidadania, Caixa, Receita Federal, Controladoria-Geral da União e Tribunal de Contas da União, Instituições que participam da Estratégia Integrada de Atuação contra as Fraudes ao Auxílio Emergencial (EIAFAE).

Seguindo todos os protocolos de cuidados do Ministério da Saúde, a Polícia Federal prossegue com a realização de ações em prol da sociedade.



Um comentário:

  1. Investigar outros lugares é fácil, quero vê é prender os malocas do Poção de Pedras CIDADE MAIS CORRUPTA DO MARANHÃO.

    ResponderExcluir

Fique à vontade, sua opinião é livre e de grande importância; contudo é de inteira responsabilidade do leitor e não representa a opinião do editor deste blog. Prezamos pela ética e pudor. Os comentários serão publicados em até 24 horas após análise.

Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o e-mail: imprensa@fernandomelo.blog que iremos avaliar.