sexta-feira, 10 de setembro de 2021

Poção de Pedras | Vereadores pressionam governo e convocarão secretários de Saúde e Educação para esclarecimentos

 

A Câmara dos Vereadores de Poção de Pedras realizou mais uma sessão nesta sexta-feira, 10, sendo presidida pelo vereador Mateus Croá, pois o presidente Mano está em viagem.

Foram votados alguns projetos e outros pautados para a próxima sessão. Mas o maior destaque é que ambos os parlamentares assinaram requerimento que convocará os secretários de Saúde, Iolete Arruda, e de Educação, Marcony Pinheiro, para prestarem esclarecimentos no âmbito de competências de suas referidas pastas. Até mesmo os vereadores da base demonstraram muito descontentamento com o governo de Francisco Pinheiro, como veremos adiante.

Em relação à Saúde, pesa as reclamações e forte insatisfação do povo sobre a maneira arbitrária com que, segundo eles, a Sra. Iolete vem gerindo uma das mais importantes secretarias do Município. As reclamações sugerem que a mesma suspendeu enfermeiros, está tentando modificar a carga horária dos profissionais de saúde, sem que lhes sejam concedidos também salários justos, tentou retirar o atual diretor do hospital e impôs medidas, tais como a proibição de almoço e jantar de alguns funcionários.

Quanto à Educação, gravemente recai denúncias acerca da merenda escolar, que desde fevereiro não é repassado aos alunos. O secretário Marcony Pinheiro até o momento não mostrou a que veio, e estaria usando a máquina pública para o seu favorecimento pessoal, uma vez que não aceita ninguém a não ser de Lago do Junco, para atender algumas funções de confiança da SEMED. 

No último dia 30 de julho, Marcony supostamente teria levado três servidores a São Luís, com tudo pago pela Prefeitura de Poção de Pedras, apenas para tirar-lhe fotos na eleição da UNDIME. Até a um contador, amigo pessoal do secretário, as escolas terão que pagar um valor equivalente a R$ 300 para emissão do certificado digital, visto que agora será um item indispensável nas prestações de contas das escolas. Por que a Prefeitura não cede um de seus contadores para tal tarefa?!

Cabe salientar que os dois secretários, provenientes de Lago do Junco, vieram a convite do ex-prefeito Júnior Cascaria (prefeito de fato), supostamente visando acordos para sua eventual e incerta campanha a deputado estadual. Ambos os secretários, segundo aliados do governo, geram dispendiosa receita ao Município; contam cada com três assessores oriundos de sua cidade natal, carros à disposição para buscá-los e deixá-los, um alto gasto de combustíveis custeados com recursos públicos.

Um resumo das falas de alguns vereadores no grande expediente:

 - A vereadora Daniele Brasil usou a tribuna para pedir melhorias para a Saúde. Cobrou o TDF, que segundo alguns pacientes, não está sendo repassado desde janeiro. A edil assinou o requerimento que convoca a presença dos secretários e solicitou, ainda, a presença do prefeito Francisco Pinheiro, que segundo afirma, não o vê desde que este assumiu a Prefeitura.

- A vereadora Sônia foi enfática em cobrar a merenda escolar, ou pelo menos, as cestas básicas, já que estamos com dois meses de início das aulas, e ainda não apareceu sequer um pacote de suco na merenda escolar. A parlamentar convidou a colega Daniele para irem ao Ministério Público protocolar denúncias sobre o TDF e sobre a merenda escolar. Através de requerimento, a vereadora também cobrou a presença dos secretários para esclarecimentos à população e também para que as sessões sejam transmitidas ao público em geral por meio das plataformas digitais.

- O vereador Diá expôs um desabafo; disse que não mandaria mais requerimentos para a Câmara, até que os seus enviados anteriormente sejam atendidos pelo prefeito. O edil cobrou melhorias nas estradas vicinais, segundo ele, foram raspadas, mas mesmo ele cedendo a pirraça, a Prefeitura não implementou o empiçarramento. O inverno está próximo e logo ficarão intrafegáveis novamente. Mesmo sendo aliado, o vereador disse sentir-se envergonhado, porque até o momento Francisco não vestiu a camisa de prefeito, e as reivindicações do povo não são contempladas pela gestão, citando exemplo do telhado da escola do povoado Barro Vermelho, onde a estrutura está prestes a cair sobre os alunos.

- Os demais vereadores foram unânimes acerca da convocação dos cito secretários e ratificaram os discursos dos pares.





8 comentários:

  1. poçãovei bom só faz hemograma e exame de fezes urina kkkkkk

    ResponderExcluir
  2. cadê o dr Ricardo médico bom agora quem quiser uma consulta com ele tem q paga toma cambada de besta e o cascaria vai ganhar denovo q o povo ñ aprende

    ResponderExcluir
  3. Hipocrisia!!!Todos sabemos que o "prefeito" é pau mandado e nada faz ou fez..Ora,gostaria muito que os vereadores investigasse o que anda ocorrendo nas "escolas" da rede municipal de nosso município.Não temos merenda,carteira e muito menos professores que sabem alguma coisa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mentirosa!!Poção de Pedras tem alguns professores competentes e compromissados.Temo inúmeros concursados fora e até fora do maranhão.

      Excluir
  4. Vamos abrir os olhos parabéns Dia pelas cobranças, o casca mora em São Luís ele vem só busca o dinheiro na curutela chamada poção, e nos que vivemos aqui estamos sofrendo as consequências do abandono, pq o poster sem luz, fica só recendo seu salário o restante que se lasque, ou eu tô errado.

    ResponderExcluir
  5. Vixiiiiii está autoridade aí kinoooooooor a máquina das máquina.

    ResponderExcluir
  6. Kinor tava fiscalizado os trabalhos da casa, tai se fosse candidato votaria em vc kinor.

    ResponderExcluir

Fique à vontade, sua opinião é livre e de grande importância; contudo é de inteira responsabilidade do leitor e não representa a opinião do editor deste blog. Prezamos pela ética e pudor. Os comentários serão publicados em até 24 horas após análise.

Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o e-mail: imprensa@fernandomelo.blog que iremos avaliar.